quinta-feira, maio 21, 2009

Road.



Algumas vezes é preciso pegar o caminho mais longo para atravessar uma rua.

Outras vezes, o caminho mais longo te leva justo para onde você começou.

Onde você começou, nem sempre é seu ponto de início.

Algumas vezes, o início é tudo o que você tem.

Outras vezes, o fim chega rápido e com pressa.

Mas nem sempre o fim é onde termina.

Algumas vezes, onde termina não é tão importante assim.

Nem o início.

Nem o caminho longo. Nem o caminho curto.

Nem onde você quer chegar.

O importante não são os passos de quem caminha.

E sim o ato de caminhar.

Um comentário:

Maya disse...

a feist é minha diva! amo de paixão! já viu secret heart ao vivo em Londres? no youtube? assisteeee!